Fórum Michael Jackson Brasil


 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Entrevista com Geraldo Rivera - Parte I [2005]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
applehead7
Admin
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 09/07/2013
Idade : 18
Localização : Porto Alegre, RS

MensagemAssunto: Entrevista com Geraldo Rivera - Parte I [2005]   12/17/2014, 23:26


Primeira parte da conversa de Michael Jackson com o jornalista Geraldo Rivera, da Fox News, pouco antes do início do processo judicial em fevereiro de 2005.

[Geraldo] Como está indo, cara?

[Michael] Como está indo?

[Geraldo] Bom te ver. Começa a sorrir mais?

[Michael] É claro, sorrio muito.

[Geraldo] Você sorri quando está em um estúdio de gravação como esse, fazendo música?

[Michael] Claro, eu amo música.

[Geraldo] É bom voltar para a música?

[Michael] É fantástico. Porque ah... é a minha vida. É o que eu faço.

[Geraldo] Você esteve tão distraído, você sabe, você quer falar sobre como está se sentindo?

[Michael] Eu estou indo bem Geraldo, como você está?

[Geraldo] Apesar de tudo aquilo que se passa no mundo, você está ok?

[Michael] Estou indo muito bem, obrigado.

[Geraldo] Você sabe, foi maravilhoso, vê-lo com as crianças. Isso eu acho, é o verdadeiro Michael Jackson que não tem sido visto... você com os seus próprios filhos, um com fraldas e outras duas crianças... Eu não sei como você consegue sem uma babá.

[Michael] Bem, eu gosto de cuidar dos meus filhos é... é divertido e é por isso que eu tive eles, para que eu pudesse cuidar deles e é apenas um grande alívio para mim, você sabe que é um prazer que me mantém feliz e rindo e você sabe, eles são maravilhosas crianças inocentes doces.

[Geraldo] Eu te vi como uma espécie de árbitro entre a Nickelodeon e a Disney Channel lá. Você tem alguns problemas realmente difíceis para resolver lá. Mas você tem tipo uma espécie de uma vida normal lá. É doce de ver.

[Michael] Obrigado. Eles me trazem isso.

[Geraldo] Me diga, me diga o que as crianças significam para você, seus próprios filhos. 

[Michael] Eles significam, é difícil colocar em palavras porque eles significam tudo.  A maneira como você poderia explicar como os seus filhos fazem você se sentir... Eles são o mundo para mim, eu acordei e estou pronto para o dia por causa deles. Eu levo eles para o café da manhã, troco fraldas, se eles querem ler, nós fazemos um monte de leitura, podemos brincar de esconde-esconde, nós jogamos dobra cega e nos divertimos com isso.

[Geraldo] E você pode criar um mundo que, pelo menos, começa a parecer normal? Eles não sabem qualquer outro mundo, obviamente.

[Michael] Eu faço o meu melhor, com certeza.

[Geraldo] Então, isso é, obviamente, uma prioridade para você?

[Michael] Sim, claro. Eu quero ser o melhor pai do mundo, é claro.

[Geraldo] Será que eles sabem quem você é? Ou o que você significa para as pessoas?

[Michael] Sim, eles sabem. Eles estiveram em passeios comigo em limousines entre um mar de fãs.

[Geraldo] Eles gostam disso?

[Michael] Acham emocionante. Eles querem entrar no palco. Me incomodam para subir no palco comigo. Assim, quase certeza que eu vou levá-los comigo e deixar o mundo ver pela primeira vez.

[Geraldo] Eles não dizem: 'Papai, eu quero ir para casa assistir a Nickelodeon?'

[Michael] (Risos). Provável. Provável.

[Geraldo] Eles fazem isso também.

[Michael] Sim.

[Geraldo] Então, como se sente em estar aqui mais uma vez, em um estúdio de gravação de novo, focado na música de novo? É um alívio, de certa forma?

[Michael] É um grande alívio. Me faz sentir como se eu estivesse totalmente em casa. Eu estou no meu próprio país. Que é o que eu estou agora. Qualquer das artes... como isso poderia ser com filmes, você sabe, música, qualquer tipo de arte, eu adoro isso.

[Geraldo] Então, quando você está sendo as citações na citação, o Rei do Pop, que é quando você é mais confortável? Ou é o processo criativo?

[Michael] O processo criativo, sim. Eu sou obcecado com a criação...

[Geraldo] Eu vi você e Randy, a forma como vocês reagem - é muito semelhante à forma como os meus irmãos e eu estamos juntos. Quem é o cão superior?

[Michael] Randy.

[Geraldo] Não foi isso que eu vi. Mas, hm, você confia na sua família.

[Michael] Claro, você precisa confiar.

[Geraldo] É uma coisa tipo 'sangue mais espesso que a água'? O que é?

[Michael] A família é tudo. É amor. É o que nos foi ensinado. Nós somos amigos no final do dia, o que é importante. Diferente do que as pessoas ou imprensa dizem, somos amigos. Nós nos amamos muito.

[Geraldo] Então, é uma família unida, apesar de todo o material dos tabloides?

[Michael] Isso é sensacionalismo.

[Geraldo] Como você lida com isso?

[Michael] Como lido com sensacionalismo?

[Geraldo] Sim. Como você lida com tudo em sua vida que está sendo ampliado, exagerado, quase a um nível grotesco?

[Michael] É como olhar para um filme fictício. Porque é ficção. É como assistir a ficção científica. Não é verdade. E eu me conheço e é triste quando as pessoas têm de ler essas coisas e eles acreditam naquilo.

[Geraldo] Você se sente tipo realizando uma conferência de imprensa a cada semana e dizendo, "este é rumor, não é verdade".

[Michael] Eu sei que, eventualmente, a verdade vai prevalecer e eu sou de verdade.

[Geraldo] Eu pesquisei isso e não encontro ninguém que tenha sido mais levianamente processado pelas razões mais ultrajantes. Um dos seus advogados me disse que uma mulher chamada Billie Jean Jackson ligou e disse: 'Pare de aceitar qualquer salário, Sr. Attorney, eu sou a esposa - Billie Jean...' obviamente, de sua canção de sucesso, quer dizer, como você... primeiramente, como isso afeta você?

[Michael] Isso me afeta? Sim, mas me tornei imune de certa forma também, eu tenho pele de rinoceronte, mas ao mesmo tempo, sou humano. Então, nada pode machucar assim, mas eu sou muito forte. E, só não gosto de pessoas ouvindo sobre tais informações falsas.

[Geraldo] Por exemplo, você o pai quadrigêmeos no ano passado?

[Michael] Isso foi um rumor louco.

[Geraldo] Em seguida, eles se tornaram gêmeos. Eu não sei o que aconteceu com os outros dois, talvez eles foram sequestrados por alienígenas.

[Michael] Ouvi sobre essa história e eu não tenho nenhum gêmeos. Eles disseram que eu estou escondendo deles ou algo assim? Outro rumor feito.

[Geraldo] Então é completamente falso.

[Michael] Quanto maior a estrela, maior o alvo. Eu não estou tentando dizer que eu sou a estrela super-duper, eu não estou dizendo isso. Eu estou dizendo que o fato de que as pessoas vêm em celebridades, somos alvos. Mas a verdade sempre prevalece. Eu acredito nisso. Acredito em Deus, sabe?

[Geraldo] Será que a fé te sustenta?

[Michael] Claro.

[Geraldo] E sobre amizades?

[Michael] O quê sobre amizades?

[Geraldo] Você confia em amigos? As pessoas já ficaram com você nos bons e maus momentos? Quem são seus melhores amigos?

[Michael] Meus filhos, minha família, meus irmãos e minhas irmãs e sim, a maioria das pessoas ficaram. A maioria das pessoas ficaram.

[Geraldo] Quer mencionar os nomes?

[Michael] Os fiéis, você não iria conhecê-los assim, é hm...

[Geraldo] Elizabeth Taylor?

[Michael] Oh, ela é muito leal, vejo Elizabeth Taylor o tempo todo. Ela é minha amiga querida, eu recém estava em sua casa. Temos discursos maravilhosos no telefone durante a noite, várias vezes por semana, às vezes...

[Geraldo] Então, quanto tempo vocês dois são amigos?

[Michael] Conheço de perto Elizabeth desde que eu tinha 16 anos...

[Geraldo] E você tem feito música desde os cinco.

[Michael] Sim.

[Geraldo] Então você está em sua quinta década fazendo música. Isso são 41 anos fazendo música.

[Michael] Sim.

[Geraldo] Nunca fica enjoado disso?

[Michael] Não, não, não eu nunca me canso disso (música).

[Geraldo] Sério? Você nunca ficou enjoado de Randy? (Risos)

(Risadas)

[Geraldo] Ele está aqui, senhoras e senhores.

[Michael] Nunca, nunca, nunca. Ele (Randy) é maravilhoso. Ele tem sido incrível, solidário, e surpreendentemente brilhante.

[Geraldo] Então, eles são todos diferentes. Toda a sua família é uma loucura, excêntrica... como minha família.

[Michael] Cada irmão, irmã é completamente diferente, como qualquer outra família, você tem todos os elementos diferentes... e é isso que faz com que seja uma família.

[Geraldo] Quando você tem uma avaliação intensa, como você vive uma vida normal? Como você tem qualquer tipo de diversão fora de sua propriedade?

[Michael] Não tenho. Eu vou para fora da propriedade, às vezes, mas não o tempo todo. Eu crio meu mundo atrás dos portões, você sabe, porque não posso ir para o cinema local, na rua ou o parque local, o mercado, a loja da esquina. Então, você deseja criar o mundo abrindo os portões e isso é o que eu tento e faço. E não é só para mim se eu pudesse compartilhar com minha família, amigos, ou quem quer que eu faça.

[Geraldo] E essa necessidade de um pouco de privacidade, dirige todos esses rumores loucos e especulações. Um equilíbrio difícil que você tem que suportar. Mas você não está reclamando, está? Eu não. Eu não sei o que eu sou rei... o rei de levar um tiro, talvez. Ha ha ha ha.

[Michael] "O rei do jornalismo."

[Geraldo] Então, e sobre crianças em perigo? Você mencionou o esforço de socorro do Tsunami. O que é isso? É a sua própria paternidade que motiva isso?

[Michael] Se importando. E lendo a Bíblia, aprendendo sobre Deus, Jesus, amor. Ele disse, 'que venham as crianças', 'imitem as crianças', 'sejam como as crianças' e 'cuide dos outros.' Cuide de idosos. E fomos criados com esses valores. Esses são valores muito importantes, minha família e eu fomos criados com esses valores e eles continuam fortes em nós hoje.

[Geraldo] E sobre filmes de você novamente? Você teve The Wiz e alguns outros, mas nós não vemos você nos telões faz um tempo.

[Michael] Eu estarei dirigindo sozinho. Adoro dirigir. Eu amo a criatividade e acho que quando um artista caminha para frente com uma produção de algum tipo, se ele pode se expressar da maneira que ele vê, isso deve ser feito. Eu sinto isso e eu vejo isso. Eu sou um visionário. Se eu puder dar isso, eu faço e isso é o que eu amo fazer com música, dança e a arte.

[Geraldo] E você acha que a arte tem um papel na vida real? Especificamente referindo-se a esta gravação e alívio do Tsunami?

[Michael] Eu vi isso no dia depois do Natal e como os números continuaram aumentando, ele só se tornou fenomenal e nem mesmo eu poderia acreditar que era verdade. Fiquei espantado. Eu disse, eu pensei que eu deveria fazer alguma coisa. Isso é o que Deus nos deu talento. Para dar e para ajudar as pessoas e dar a volta. Então, meus irmãos e eu decidimos colocar uma música juntos...

[Geraldo] O que fez você pegar o telefone e dizer: "Ei Bros?" O que você disse?

[Michael] Nós apenas dissemos, hey, nós queremos fazer alguma coisa no estúdio para as vítimas do Tsunami. Vamos ficar juntos e organizar. E eles simplesmente disseram que era ótimo.

[Geraldo] Em um certo momento, Michael Jackson e os irmãos Jackson são meio separados artisticamente, este haverá um momento em sua vida em que vocês voltarão juntos? Obviamente você vai continuar sua carreira solo, mas qual é o grande plano, qual a grande figura, nesta fase da sua vida? O que foi deixado inacabado? O que você gostaria de fazer?

[Michael] Há várias surpresas. Filmes. Eu amo filmes. Está inovando, tendo o meio para um novo local. Eu usei o meio de vídeo musical como um meio de curta-metragem para me levar para o próximo nível. Estou tendo muita diversão.

[Geraldo] 'O Rei do Pop' e agora eu olho para alguns desses artistas... há um novo... 50 Cent e outro, esqueci o nome dele, mas eles são bem conhecidos, porque eles sobreviveram em ataques violentos, onde quase morreram e eles estão no hip hop - é uma era diferente da música - você acha que vai ser mais parecido com eles - algo mais urbano - ou o mundo vai voltar mais para o Pop e rock tradicional?

[Michael] Boa música e ótimas melodias são imortais. Mudanças culturais, mudança na moda, costumes, boa música é imortal. Nós ainda ouvimos Mozart, hoje, Tchaikovsky, Rachmaninoff, qualquer um deles, qualquer dos grandes. A boa música é como uma grande peça de escultura, uma grande pintura. É para sempre. Isso é um fato.

Fonte: MJTranslate l Tradução: Michael Jackson Brasil 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mjjzone.com
 
Entrevista com Geraldo Rivera - Parte I [2005]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Entrevista: Michael dá entrevista as vésperas de sue aniversário de 50 anos
» [YT] Entrevista de Michael Jackson à Bárbara Wlaters - 1997 ( Legendado )
» [YT] Entrevista,Michael Comenta sobre o album Bad (Legendado)
» Entrevista com Tiago Espírito Santo
» Forumeiros Entrevista: Fórum Contrabaixo BR

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Michael Jackson Brasil :: Debate :: BEHIND THE MASK-
Ir para: