Fórum Michael Jackson Brasil


 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Michael Jackson Brasil entrevista: Rob Swinson

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
applehead7
Admin
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 09/07/2013
Idade : 18
Localização : Porto Alegre, RS

MensagemAssunto: Michael Jackson Brasil entrevista: Rob Swinson   1/29/2014, 21:57


A Michael Jackson Brasil traz mais uma entrevista exclusiva para os Soldados do Amor. Desta vez o entrevistado é Rob Swinson, homem qual trabalhou nas construções do parque de Neverland e um dos únicos dois autorizados a fotografar o local. Rob fala sobre seu trabalho ao lado do Rei do Pop e suas lembranças. Recentemente ele lançou um magnífico livro intitulado "Maker of Dreams", qual nós podemos informar: É incrível. Além de Rob contar passo a passo como foi o planejamento do parque, ele também compartilhou fotos tiradas por ele próprio, mas quais apenas quem adquirir o livro poderá desfrutar.

----------------------------------------------------------

[MJBRASIL] Como você conheceu Michael Jackson?

[ROB] No começo de Junho de 1990, recebi um telefonema (enquanto ainda trabalhava como Gerente Nacional de Vendas para a Chance Rides, Inc. localizada aqui em Wichita, Kansas) de alguém afirmando que representava anonimamente um artista bem conhecido que estava procurando um Carrossel para comprar e administrar em uma fazenda ao norte de Santa Barbara, Califórnia. Imediatamente após um longo telefonema e um pedido de folheto sobre nossa linha de produtos de carrosséis, eu disse aos meus colegas de escritório que eu estava achando que tinha acabado de receber um telefonema de alguém que representava Michael Jackson! Dentro de alguns dias a minha suspeita foi confirmada quando eu recebi um telefonema de sua representante pessoal e executiva na MJJ Productions, em Los Angeles, a Sra. Norma E. Staikos. Ela me avisou que o meu folheto de carrosséis havia sido recebido, qual continha folhas de especificação de passeio, dois cartazes grandes de seleção de animais e um vídeo que eu tinha co-produzido, e que Michael estaria revendo minhas informações.

Isso se seguiu por uma chamada pessoal de Michael - me agradecendo pelo folheto do produto e, especialmente, o vídeo do Carrossel, qual ele disse que tinha visto várias vezes enquanto estava sua cama de hospital, e que se apaixonou por nossos carrosséis. Ele explicou por que ele estava no hospital (em Santa Monica, CA, me contou), e queria encomendar um de nossos belos carrosséis para instalar em seu rancho recém-adquirido de 2.700 acres, qual se localiza perto de Los Olivos, CA. Nós oferecemos nossos carrosséis em três versões: "Americana" um par com 16-18 animais; um Dentzel de estilo clássico com 30 posições de origem animal, e nosso Grande Carrossel com 60 posições de origem animal. Michael imediatamente encomendou o Dentzel de estilo clássico, mas alguns dias depois, quando nós estávamos usando guias para selecionar os animais, percebi que os "desejos" de Michael excederiam em muito a capacidade de animais qual a unidade escolhida fora projetada para acomodar. Lembro-me de mencionar no momento como uma nota na lateral que nós também construímos um par do "Grand Carrousel" que pudesse acomodar 60 animais diferentes e cavalos. Michael imediatamente proclamou: "Sim, sim, Rob! Eu quero um desses ao invés desse!" e assim começou nossa criação em conjunto de sua pessoal "Terra do Nunca", qual ele queria compartilhar com as crianças mais desfavorecidas do mundo, portadoras de deficiência e doentes terminais em seu privado rancho.

[MJBRASIL] O que o seu livro traz como tema?

[ROB] Há dois temas importantes relacionados com a vida da pessoa destacada em meu livro: 1. P-T-T abreviação de "Performance & Truthfulness = Trust" (Desempenho e Veracidade = Confiança) Para Michael, e para mim isso nunca foi por dinheiro! Se uma pessoa tem um bom desempenho e é verdadeira - a confiança vai estar lá; e isso será seguido com benefícios pessoais e recompensas; benefícios financeiros, então o dinheiro estará envolvido. 2. Na realidade compartilhar alguns dos passos da vida com outra pessoa antes que você possa realmente conhecer ou entender essa pessoa. Este é o lugar onde os meios de comunicação e muitas pessoas são horríveis em sua falta de alcançar a compreensão necessária para apoiar alguém como Michael Jackson, porque eles não tem ideia da verdadeira realidade por trás do que eles continuaram escrevendo ou falando.

[MJBRASIL] O que o motivou a querer compartilhar com o mundo suas experiências com Michael?

[ROB] Eu carrego uma grande carga de responsabilidade pessoal que eu devia ao meu amigo Michael em meus ombros por mais de duas décadas. Eu era a única pessoa rotineiramente permitida pela Norma Staikos para tirar muitas fotografias durante as minhas visitas à Neverland Valley Ranch, a fim de documentar as fases iniciais de desenvolvimento do nosso projeto do parque de diversões. Além disso, eu tenho as cartas, contratos, notas pessoais, um pequeno "diário" e numerosos documentos que abranjam esses primeiros anos de desenvolvimento. Após a morte de Michael, a carga tornou-se mais difícil de suportar - percebendo que eu era provavelmente a única pessoa na Terra que poderia escrever um livro sobre a criação de um sonho de Michael que ele tinha desde 17 anos de idade que se tornaria Neverland Valley Ranch e o parque de diversões. Além de Norma Staikos, eu tive conhecimento de várias outras pessoas envolvidas com Michael em várias maneiras. Entre esse pequeno círculo de associados foram os que eu citei no meu livro, os "Dream Team" - David E. Nordahal (artista e amigo); Brad Sundberg (luzes e som) e Oliver "Brick" Price (quem fez o primeiro telefonema que levou a minha introdução com MJ).

Nossa líder era Norma Staikos - nada, provavelmente, aconteceria em Neverland se não fosse o envolvimento e a aprovação pessoal de Norma. Eventualmente, a importância histórica da minha história e das fotos tornou-se um fardo para carregar, então eu comecei a fazer chamadas e se re-familiarizar com meus colegas da "Dream Team" no período de um ano. Na primavera passada, eu concordei em escrever um capítulo para um novo livro de MJ sendo publicado na Alemanha intitulado 'A Life of L.O.V.E' (Uma Vida de Amor), com todos os fundos destinados à Make-A-Wish Foundation. David Nordahl também contribuiu um capítulo, e isso me deu ainda mais motivação para escrever e doar um capítulo. Perto da conclusão do meu capítulo, me disseram que algumas fotos seria bom incluir, mas elas só poderiam ser impressas em preto e branco. Eu concordei em compartilhar algumas das minhas fotos - mas não me sentia bem por não ser em cores. Isto rapidamente levou a minha decisão em Agosto de 2013, em continuar a desenvolver a minha história e expandir para um livro, que já está disponível, na qual inclui cerca de 200 fotografias a cores nunca antes publicadas.

[MJBRASIL] O que você sentiu durante a sua primeira visita a Neverland Valley Ranch?

[ROB] Minha primeira visita à Neverland Valley Ranch foi uma visita de "trabalho" em 27 de Junho de 1990, que incluiu um encontro com Norma Staikos (Michael não estava presente), de forma não muito importante naquela época, sem qualquer compreensão do que iria vir! Michael decidiu que ele também queria instalar um dos nossos CP Huntington trens em miniatura para as crianças visitantes, o que exigiu uma inspeção no local, a fim de determinar uma rota plausível para a instalação dos trilhos. Repetidas visitas em Julho de 1990 foram programadas para atender com o arquiteto de Michael e um engenheiro de construção. Eventualmente, uma pista de 1/2 milhas de comprimento "osso de cão" foi decidido, que incluiu alças em ambas as extremidades para a viagem de retorno. O futuro parque de diversões no local era apenas uma "terra nua" cercada por vários carvalhos magníficos da Califórnia.

[MJBRASIL]
Quais são as suas lembranças mais fortes de seu tempo em Neverland?

[ROB] Esta pergunta é muito difícil de responder, porque cada visita tem uma memória especial para mim. Havia tantas coisas maravilhosas para ver e fazer. Em uma visita, minha esposa no momento em que estava comigo, tivemos uma incrível luta de água no novo "Water Fort" de Michael, que foi totalmente equipado com canhões de água e lançadores de balões de água. À noite, foi a solidão encontrada em Neverland e a vista maravilhosa do céu cheio de estrelas brilhantes. Uma bela música continuamente fluiu pelo ar em quase todos os lugares que eu ia. Esculturas de bronze de crianças, geralmente jogando, estavam por toda parte. Chefs pessoais de Michael sempre foram muito gentis para fornecer qualquer coisa que você desejar. Houve alguns momentos especiais que eu compartilhei com Marlon Brando e alguns dos membros de sua família, e reunião com Elizabeth Taylor antes de se casar com Larry Fortensky no rancho de Michael. Uma lembrança muito especial foi testemunhar a personalidade de "camaleão" de Michael - ele pode mudar em um instante de ser ele mesmo a tornar-se uma criança novamente, rolar na grama e brincar com alguns filhos de seus convidados. Neverland era um lugar de tanta beleza que você recebe uma inspiração espiritual apenas andando ao redor da fazenda ou andando a cavalo nas montanhas de San Rafael.

[MJBRASIL] Qual foi o seu momento mais memorável com MJ?

[ROB] São três dos meus momentos mais memoráveis com Michael, em que todos ocorreram na véspera de Halloween, 31 de Outubro de 1990. A primeira ocorreu durante a espera de Michael na sala de estar para uma festa especial, Norma tinha planejado para comemorar a "inauguração" de Neverland Valley Park. Michael inesperadamente veio ao virar a quina vestindo seu traje habitual em Neverland - uma longa camisa de veludo vermelho de mangas, calças pretas e sapatos pretos com meias brancas - e caminhou frente a mim e disse: "Rob, eu estive mal!" Desnecessariamente para dizer, eu quase caí! (Você terá que ler o meu livro para descobrir porque Michael disse que estava "mal!") O segundo momento memorável na mesma noite foi quando parti da casa principal, com carrinhos de golfe após um jantar maravilhoso e rodeei para o novo parque de diversões para o passeio inaugural em seu recém-instalado "Grand Carrousel". Depois de alguns passeios de carrossel com uma bela música enchendo o ar e acompanhado por alguns funcionários vestidos com trajes, fui obrigado a perguntar para Michael se havia algum animal favorito que ele tinha selecionado. Imediatamente, sem qualquer hesitação, entre os 60 cavalos e vários animais variados ao redor da plataforma, ele parou abruptamente e declarou: "Este Rob" Mais uma vez, eu quase cai! (E, como antes, você vai ter que ler o meu livro para descobrir por que este animal era tão importante e especial). Nosso terceiro e verdadeiramente o meu "momento mais memorável" veio mais tarde naquela noite, quando estávamos desfrutando de seu passeio inaugural de trem juntos sob uma lua cheia com apenas um único farol mostrando o nosso caminho. Durante esse passeio incrível, completamente descritos no meu livro, "ligado" para sempre após simultaneamente uivar para a lua como duas crianças, então Michael se voltou para mim com um olhar muito especial em seu rosto e disse: "Rob, eu adoro trazer a criança dentro de cada um de nós!"

[MJBRASIL] Quais são alguns de seus objetivos com o livro?

[ROB] Primeiro, quero que o meu livro seja a esperança de proporcionar uma sensação de "cura" para muitos outros que sofreram em silêncio - como eu. Em segundo lugar, compartilhar com os fãs e membros da família alguns dos anos mais felizes durante a vida de Michael na Terra, que nunca antes foi documentada. Além disso, eu estou no processo de criação de uma fundação de caridade sem fins lucrativos, onde espero canalizar recursos designados de vendas de livros que eu quero usar em memória de Michael para beneficiar algumas crianças especiais e carentes do mundo que Michael deixou para trás. Para mim, este livro foi escrito por razões terapêuticas pessoais para me ajudar a lidar com o meu TEPT grave (Transtorno de Estresse Pós-Traumático) e depressão maior, como resultado de duas viagens ao Vietnã, e eu quero ser capaz de ajudar outras vítimas de TEPT em um programa no 'Centro Médico de Veteranos Wichita'. Por último, e provavelmente o mais importante, é a importância histórica do livro para as futuras gerações para ler sobre Michael criando Neverland - muito depois de eu ter deixado a Terra para se juntar com meu amigo, Michael Jackson.

[MJBRASIL] Quando foi a última vez que falou com Michael?

[ROB] Não tenho certeza, provavelmente em meados da década de 1990, porque eu saí do projeto, por este tempo, como resultado de problemas com outras pessoas que trabalharam no rancho, e que começaram a criar mentiras por causa de ciúmes pessoais, ganância e querer controlar Michael para seu próprio benefício e ganho financeiro.

[MJBRASIL] Quais foram as palavras que Michael disse a você que você nunca vai esquecer?

[ROB] "Rob, eu adoro trazer a criança dentro de cada um de nós!" (Véspera do Dia das Bruxas, 31 de outubro de 1990), Michael muitas vezes repetiu esta frase. Em Junho de 1991, durante uma visita gravada em vídeo por Gregory Peck e sua esposa, Vernique, na Neverland Valley Park, Michael comentou: "Veja Gregory, essa é a criança que vem de fora para dentro dos homens quando eles vêm para Neverland." [Maker of Dreams - Creating "Michael Jackson's Neverland Valley Park", página 115]

[MJBRASIL] O que podemos esperar do seu livro "Maker of Dreams"?

[ROB] Risos, lágrimas e espero que alguma cura - e a verdade maravilhosa sobre quão feliz Michael foi durante este período muito especial, anteriormente não documentada de sua vida.

Deus abençoe e A.M.O.R. - Em homenagem a memória de Michael... Rob Swinson

A equipe da MJBR agradece pelo apoio e por aceitar o nosso convite em fazer essa entrevista. Deus o abençoe!

*Essa entrevista só pode ser reproduzida em outras páginas, sites ou blogs com a autorização de Rob Swinson ou da MJBR.
Michael Jackson's Maker of Dreams
Rob Swinson
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mjjzone.com
 
Michael Jackson Brasil entrevista: Rob Swinson
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [YT] Entrevista de Michael Jackson à Bárbara Wlaters - 1997 ( Legendado )
» Michael Jackson: A verdade chocante sobre os Arquivos do FBI
» Jason Pfeiffer volta a dizer que teve caso com Michael Jackson
» Mãe de Michael Jackson: «O meu filho não era molestador»
» Lindsay Lohan cumprirá pena como faxineira de necrotério onde ficou Michael Jackson

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Michael Jackson Brasil :: Debate :: ENTREVISTAS-
Ir para: